palavras que nunca te direi

Palavras que nunca te direi…

Por Mariana Matos

Palavras que nunca te direi…

Há uns tempos atrás fiz uma partilha sobre o impacto que a nossa comunicação pode ter no desenvolvimento da criança. (podes ler aqui)

Parece-me essencial despertar para a necessidade de capacitar as nossas crianças para que se tornem jovens e adultos fortes, capazes e confiantes.

A forma como comunicamos pode ter uma grande influência na definição da personalidade, auto estima, auto confiança da criança. Em suma pode influenciar a forma como se vê, como encara as situações à sua volta, como gere as suas emoções.

E esta partilha levou-me a outra reflexão ainda mais profunda… para que os adultos sejam capazes de trabalhar estas competências com as crianças torna-se necessário que sejam capazes de as vivenciar. Um adulto que não gosta de si, não tem confiança nas suas capacidades, não consegue ter uma resposta perante diferentes situações… vai ter dificuldade em transmitir à criança essas competências.

Em resposta a essa partilha recebi comentários e mensagens de Mulheres que, ainda nos dias hoje, continuam a sentir a pressão das palavras ouvidas na infância.

  • “És sempre a mesma coisa”
  • “Nunca fazes nada de jeito”
  • “Com a tua irmã nunca tive estes problemas”
  • “O teu primo José é que é um menino atinado. Não é nada como tu!”

São frases como estas que ouviram enquanto crianças e que continuam a pesar enquanto adultos e, possivelmente, será a mensagem que passam para os filhos. Já ouviste ou já disseste ao teu filho alguma destas frases ou outras semelhantes? Não é errado se já o fizeste. É errado continuar a fazê-lo sabendo que é possível fazer diferente. É errado continuar a fazê-lo sem ser capaz de ter consciência disso e do que se pode fazer diferente. Vais fazê-lo mais vezes, vais ouvir estas frases mais vezes… o que pode mudar é o que fazes com isso!

É possível sair deste círculo e eu quero ajudar. A minha missão passa por capacitar, inspirar e formar, tendo como valor base a liberdade, para aumentar o auto conhecimento, através de respostas pedagógicas e divertidas, para o desenvolvimento integral de todas as crianças. E isso, passa também por capacitar, inspirar e formar os adultos que estão com elas.

É aqui que o Coaching e o Life Design podem ajudar, tal como me ajudou a mim [sobre isto falamos noutra altura]. Há ferramentas tão simples que parecem não ter qualquer efeito mas, na verdade, têm um grande impacto na mudança de mindset e consciência do que é necessário alterar para alcançarmos o que realmente desejamos. Procuras essa mudança? 

Sentes que as palavras que ouviste na infância continuam a definir o adulto que és hoje? É possível alterar isso e eu posso ajudar!

Para ler mais da Mariana Matos

%d bloggers like this: