Um delicioso Snack Kale

Por Susana Cigarro

Já não é de agora, que começamos a ver, as pessoas terem mais preocupação com a alimentação. Percebemos que existe mais cuidado na escolha dos alimentos e uma maior afluência aos mercados, onde podemos encontrar produtos locais.
Mas ao mesmo tempo, gostamos tanto de nos presentear com uns aperitivos crocantes, que estalam a cada dentada e que nos fazem delirar.

A receita que vos trago esta semana, já está há algum tempo na lista a experimentar, e esta semana não deixei passar.
Existe um tipo de Couve, em folhas frisadas, que vem identificada com Kale. Encontrei um saco gigante num supermercado e não deixei de fazer esta preparação.
Só precisam de:
Couve Kale (couve frisada) q.b. Sal q.b. Azeite q.b. Poderão utilizar paprika e alho em pó, se quiserem, confesso que prefiro simples.


Para a preparação, apenas precisam de lavar e escorrer bem a couve e retirar os talos, que são bem rijos.
Colocar as folhas numa taça, regando com um fio de azeite, envolvendo com as mãos e em seguida, deitar um pouco de sal, voltando a envolver.

Enquanto isso, o forno já está a pré aquecer a 140º. Colocar uma folha de papel vegetal num tabuleiro de forno e espalhar as folhas da couve por cima, levando ao forno 10 minutos.

Verificar se estão a ficar crocantes e colocar novamente no forno, por mais 5 minutos, se necessário.

Assim que estiverem prontas, deixar arrefecer. Depois de arrefecerem poderá guardá-las num recipiente ou em pequenos sacos. Este snack fantástico, dura vários dias. É ideal para levarem para petiscarem a meio da manhã ou a meio da tarde quando a fome aperta.

Espero que gostem!

Susana Cigarro
Susana Cigarro
Susana Cigarro Antes de pensar num mundo de tachos e panelas andei por outras artes. Inicialmente na área das artes plásticas e mais tarde com formação em Design de Comunicação, que segui profissionalmente durante alguns anos. Já nessa época passava o tempo a pesquisar receitas e técnicas novas, fazendo de tudo para as colocar em prática. Nem que para isso fosse preciso convidar um batalhão de amigos numa mesa cheia. Um dia perguntaram, “-porque não segues a área de cozinha?”. Essa pergunta passou a fazer parte de mim, porque não!? Um dia falaram-me na Le Cordon Bleu, uma escola que ensinava as bases da cozinha francesa onde os formadores eram Chefs de renome e com muita experiência. Essa opção estava tão longe de acontecer que na época me pareceu impossível! Era um sonho. Após uma oferta de trabalho em Angola os planos mudaram. Inicialmente ficaria por 3 anos para juntar algum dinheiro que me permitisse inscrever no curso e viver durante a formação em Londres. Em aberto ficaria a possibilidade de ficar por lá a trabalhar. Esse plano não sofreu alterações e em Janeiro de 2014 mudei-me de malas e bagagens para Londres. Durante esse período estudei e trabalhei em alguns restaurantes, mas nunca quis que esses interferissem com o plano inicial nem tão pouco que me fizessem baixar as notas e no mês de Setembro recebia o meu diploma. De volta a Portugal, passei pelo Restaurante L'and Vineyards como Assistente do Chef Miguel Laffan e mais tarde como Directora de F&B, mas o desejo pelo mundo da cozinha não podia ficar em segundo plano e em boa hora aceitei fazer parte da excelente equipa de Chefs da Supper Stars*, fazendo serviços de chef privado. Actualmente abracei a aventura de abrir um espaço de restauração no Mercado de Montemor-o-Novo. O Sem Moengas** abriu a meio de uma pandemia e tem sido uma lufada de ar fresco, uma aventura que tem sido uma surpresa e que ao longo dos meses de abertura tem deixado muitas histórias para contar.

Publicações relacionadas

Comentários

Publicações mais vistas

82,663FãsCurtir
25,394SeguidoresSeguir
1,072SeguidoresSeguir
spot_img
Este website utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação.