Antes e Depois – Contar histórias sem palavras

Por Andreia Agostinho Dias

 

Gosto de livros infantis não só porque tenho filhos (dois meninos de 7 e 4 anos e uma menina a caminho) mas, porque sempre me fascinaram. Talvez porque sempre tive mais familiaridade com as letras do que com o desenho fascina-me o destaque que a ilustração ganha na literatura infantil.

Quando a Rita me desafiou a recomendar livros para esta tribo, pensei em centenas e depois bloqueei sem saber por onde começar. Mas sendo esta uma casa que valoriza tanto a ilustração, só podia começar por recomendar para este início de ano o Antes Depois de Anne-Margot Ramstein e Matthias Aregui.

Vencedor do Prémio “Bologna Ragazzi Award” na categoria Não Ficção da Feira do Livro Infantil de Bolonha em 2015, este livro dá-nos horas de histórias sem ter nem uma palavra.

A ilustração é aqui rainha e os acontecimentos são apresentados em páginas duplas, sugerindo sempre um antes e um depois de cada situação, que apelam à imaginação do leitor para imaginar como se passou de um momento para o outro.

O meu filho Manuel, escolheu este livro na Feira do Livro de Lisboa quando tinha 5 anos. Poucos meses depois foi, pela primeira vez, para um campo de férias e a sua maior preocupação era como conseguiria adormecer, sem ter quem lhe lesse uma história, uma vez que ele ainda não sabia ler. Na véspera do acampamento lembrou-se de que levaria o livro do antes e do depois, como lhe chama, e assim conseguia todas as noites contar histórias a si próprio. 

Título:Antes Depois

Autores:Anne-Margot Ramstein e Matthias Aregui

Editora: GATAfunho

Idade recomendada: todas

 

Andreia Dias, mãe de 2 rapazes, o Manuel (8 anos) e do João (4 anos) e + uma menina a caminho. Numa família em que todos adoram ler, boas sugestões vão aparecer.